Museu Cretácico -Sucre – Bolívia

Museu Cretácico -Sucre – Bolívia

Oieee! Sucre é a capital da Bolívia. Conhecida como Cidade Branca. A maior partes da casas são branquinhas por causa de uma lei imposta pelo governo. Durante nosso mochilão ficamos dois dias inteiros em Sucre e tivemos tempo para conhecer o lugar. Entre os pontos turísticos da nossa lista estava o Museu Cretácico.

Resumo da história

Houve um terremoto em Sucre que devastou a cidade. O governo trouxe uma fábrica de concreto para a cidade com o intuito de restaurar a mesma o quanto antes. No entando, durante os trabalhos foram descobertas pegadas de dinossauros. A fabrica fechou para preservar o local. Por essa razão muitos conhecem o local como Fábrica desativada. Após um tempo, outra fabrica foi construída ao lado das grandes rochas com as pegadas. E o Museu Cretácico foi construído bem ali. Enfim, o fim.

Para chegar no local você pode pegar um taxi ou pagar BOB 1,00 ( bol, moeda boliviana). Cerca de 70 centavos de real. Como estávamos no centro, levamos cerca de 1 hora para chegarmos ao ponto final, onde fica o Museu Cretácico. Confesso que ao invés de contemplar a cidade, dormi e acordei várias vezes.

Museu Cretácico

A entrada custa em torno de BOB 20,00 mais BOB 5,00 se você quiser fotografar. Vê se pode? Aqui no Brasil não tem essas papagaiadas.  Mas, em muitos locais turísticos na Bolívia são assim. As vezes cobram até mais para estrangeiros.

O local tem porta volumes, caso esteja de mochilão como nós. Daí você é recebido por um guia, daí você assiste um vídeo em espanhol e depois ele te conta tudo sobre dinossauros. O guia fala espanhol e inglês, ok?

Todos os dinos do parque são em tamanho real e você tem oportunidade de chegar bem perto e as vezes até tocar. Eu achei incrível! Imaginar animais gigantes caminhando na terra, muito lokko! rsrsr.

Tudo parece muito real! E você viaja na história do guia. Uma coisa que eu achei muito interessante é que: segundo o guia, ainda não encontraram ossos de dinossauros na Bolívia. Isso porque a Bolívia foi apenas parte do trajeto que os dinos percorreram. Não é incrível!!!

Para os amantes de dinossauros o Museu Cretácico é um prato cheio! Você revive a história jurássica. Abaixo o maior dinossauro que existiu. Imenso!

E as pegadas Mari? Onde estão?

Para chegar perto das pegadas você precisa chegar no horário da Visita as Pegadas. Nós não chegamos a tempo e vimos apenas de longe por um binóculo gigante, onde você coloca BOB 2,00 e assiste por 60 segundos. Mas, vale a pena!

Chega a ser emocionante! E você pode passar horas contemplando a enorme rocha a olho nu.

Close nas pegadas do lado direito e esquerdo da foto. Vale lembrar que a rocha é levemente inclinada e estamos muito distantes do paredão.

Eu e o Cláudio amamos o passeio!!! Como todos os que fizemos em Sucre e nas cidades que visitamos. Conto um pouco sobre Samaipata  nesse post e sobre Santa Cruz de la Sierra nesse post.

E você gostou dessa dica?

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.